Vendas positivas nos supermercados de SC em janeiro

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Florianópolis (SC) – As vendas do setor supermercadista catarinense registraram um resultado positivo (+1,34%) em janeiro deste ano comparativamente a janeiro do ano passado. Na comparação entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019 o percentual é de  (-23,58%), neste caso, um recuo que sempre acontece em função da sazonalidade do mês de festas, dezembro, que é o mais forte em vendas do ano para o setor.  O resultado é diferente de janeiro de 2018. Ano passado as vendas em SC abriram em janeiro com recuo de (-1,57%) em relação a janeiro de 2017.

Os índices foram apurados na pesquisa mensal do Termômetro de Vendas, realizada pela Associação Catarinense de Supermercados (Acats). Participaram da pesquisa empresas de todos os portes e regiões catarinenses, sendo que os dados já foram deflacionados pelo IPCA. As empresas participantes da pesquisa têm o perfil de uma loja clássica de supermercado, não estando incluídos os desempenhos de lojas no formato de atacarejo.

A mesma sondagem buscou apurar a expectativa dos empresários para a próxima data comemorativa do calendário, a Páscoa, que é uma das mais fortes do ano. O resultado indicou que, a exemplo do ano passado, a cautela é a palavra de ordem nas encomendas de produtos típicos da Páscoa, ovos de chocolate e derivados, porém, este ano com um viés de alta.

Em 2018 a pesquisa da ACATS indicou que 72% dos empresários haviam encomendado a mesma quantidade de produtos que no ano anterior (2017). Para 2019, o percentual ficou em 50%.  Para 38% das empresas ouvidas, em 2019, haverá um acrescimento de 7% (média) na compra de produtos, em relação a 2018.

O Presidente da ACATS, Paulo Cesar Lopes, avalia que estes dados podem estar indicando uma retomada do crescimento do setor, embora de forma tímida. Em todo caso, ele considera o balanço de janeiro positivo, mesmo que abaixo de 2%, já que a temporada de verão teve expectativas frustradas quanto ao número de turistas no litoral catarinense.

– O fato de não repetirmos o início do ano passado com resultado negativo já nos anima um pouco mais para 2019. A reação tímida é explicável pelo atual momento, onde novamente temos incertezas. Se no ano passado havia o compasso de espera pelo resultado da eleição, o que notamos agora é a expectativa pela aprovação das reformas estruturantes no Congresso Nacional. O desenvolvimento do País e a retomada de investimentos dependem disso – afirma.

 

Termômetro de Vendas ACATS 2019 (em percentuais)

Mês mês atual x
mês ano passado
mês atual x mês anterior Acumulado
Jan (+1,34) (-23,58) (+1,34)
Compartilhar.

CONFIRA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS
close-link